Saúde Integral

09/02/2021 08h30

Cresce a busca pelas PICs

Os tempos de pandemia revelaram um grande aumento no uso das PICs como forma de aliviar e/ou prevenir sintomas de ansiedade e depressão por conta do isolamento.*

Por Nosso Bem Estar

PIXABAY/NBE
Wellness 285590 1920

Cresce a busca pelas PICs

Os seres humanos são seres sociáveis que gostam de estar em grupo. Restringir a convivência invariavelmente resulta em danos à saúde psicológica. E quando a restrição implica em sedentarismo, os malefícios à saúde podem ser ainda maiores.

Em 2020 os benefícios das Práticas Integrativas e Complementares – PICs ganharam ainda mais evidência para a “promoção da saúde”.

“Promoção da saúde significa que as PICs chegam antes da própria prevenção às doenças”, explica a coordenadora nacional do curso de Tecnologia em Terapias Integrativas e Complementares da Unicesumar, Lilian Moraes. “Enquanto outros protocolos médicos são aplicados para prevenir e ou tratar problemas, as PICs trabalham para o bem-estar e para a qualidade de vida dos pacientes, promovendo o equilíbrio físico, emocional e energético de uma forma natural, e evitando o estabelecimento de doenças”, ressalta.

Segundo ela, várias PICs, como a Biodança e a Terapia Comunitária Integrativa, também atuam para o equilíbrio social, mas nesse momento “terão que esperar” devido aos protocolos sanitários da pandemia.

Doutora em Educação e doutoranda em Promoção da Saúde, Lilian Moraes aponta outro fator para o crescimento nos atendimentos das PICs. 

- Muitos artigos científicos vem sendo publicados sobre a eficácia das PICs e os profissionais da saúde passaram a ter contato com essas pesquisas e começaram a indicar estas formas de tratamento, diante dos benefícios para a saúde e para a economia, já que  reduz de gastos com atendimentos, medicamentos e afastamento do trabalho,  – explica Lilian Moraes. 

Todo esse crescimento na demanda veio para ficar. Na medida em que os resultados positivos vão se apresentando abre-se também um novo horizonte profissional nessa área.

Conheça as PICs presentes no SUS

Em 2006, as PICs passaram a ser realidade no Sistema Único de Saúde (SUS) e, atualmente estão presentes no SUS de 3.173 municípios, distribuídos pelos 27 estados e Distrito Federal e em todas as capitais brasileiras.

As PICs são oferecidas de forma integral e gratuita, nos municípios que já adotaram o modelo de atendimento das PICs no âmbito da Atenção Básica. São 29 modalidades :

Apiterapia, Aromaterapia, Arteterapia, Ayrveda, Biodança, Bioenergética, Constelação Familiar, Cromoterapia, Dança Circular, Geoterapia, Hipnoterapia, Homeopatia, Imposição de mãos, Medicina Antroposófica/antroposofia aplicada à as´´ude, Medicina Tradicional Chinesa – Acupuntura, Meditação, Musicoterapia, Naturopatia, Osteopatia, Ozonioterapia, Plantas medicinais – fitoterapia, Quiropraxia, Reflexoterapia, Reiki, Shantala, Terapia Comunitária Integrativa, Terapia de florais, Termalismo Social-Crenoterapia, Yoga.

X